JUSTIÇA CONCEDE MEDIDA PROTETIVA PRA PAMELA ESPANCADA PELO DJ IVIS

Deu errado pra Iverson de Sousa Araújo, revelar que "seu esquema preferido" é bater em mulher.

Os murros, chutes e puxavantes de cabelo sofridos pela arquiteta Pamela Holanda esposa do DJ ÍVIS estão registrados na delegacia de Eusébio, região metropolitana de Fortaleza.

O Tribunal de Justiça Cearense concedeu medida protetiva para a vítima e a filha de nove meses.

Com 7 milhões de ouvintes mensais no Spotify o DJ perde o brilho dos holofotes dos programas musicais de  TV para aumentar a audiência do noticiário policial.

Agora é ele quem apanha.

O gesto covarde do DJ IVIS vem sendo respondido à altura pela sociedade.

As primeiras palavras de protesto vieram dos artistas.

Xand Avião, de quem ele era produtor e parceiro de muitos anos, repudiou o ato, ofereceu todo apoio à Pamela e a filha e tirou ele da vybb.

A cantora Solange Almeida gravou um vídeo condenando as agressões. "Bater em mulher é crime, tem que denunciar".

A BBB Juliette considerou ato de horror do DJ.

Recebendo a cada instante golpes que podem levar pra UTI a carreira artística e tendo que prestar contas com a justiça, o senhor  Iverson precisa dar uma sentadinha e aprender a cantar que em "mulher não se bate nem com uma flor".