SOPRA UM VENTO FORTE NO RIO GRANDE DO NORTE

Uma massa de ar quente e seco ganha força sobre as regiões brasileiras nesse início de setembro. 

Rajadas de vento forte e tempo quente e seco vem sendo registrado no Nordeste,  parte do Sudeste e Sul do Brasil.

Tudo provocado pela atuação do Sistema de Alta Pressão Subtropical do Atlântico Sul,  conhecido como ASAS. 

O fenômeno se aproxima da América do Sul, tornando os ventos mais fortes, desde a faixa litorânea do Sul até o Nordeste brasileiro .

Um bloqueio atmosférico forma uma área de alta pressão, na área central do Brasil, fazendo ganhar força uma massa de ar quente e seco.