Delegado que investiga o caso de Alex quase morre ao ser trancado por camioneta

O delegado de polícia Carlos Renato, 48 anos,que apura a morte do vaqueiro Alex Araújo, foi vítima, de um acidente na BR 135, no trecho entre as cidades de Miranda do norte e Matos, no Estado do Maranhão. De acordo com as informações relatadas pelo próprio delegado, ele conduzia seu carro particular, quando foi trancado por uma Camioneta S-10.

O policial foi levado de helicóptero para a cidade de Pedro Vera Cruz e posteriormente para a São Luiz.

Segundo o Dr. Samuel Morita, delegado de Itapecuru-Mirim, que acompanhou o colega no resgate, Carlos Renato chegou ao hospital com suspeita de hemorragia interna e rompimento do baço. 

O estado de saúde do delegado é considerado estável.

Carlos Renato responde pela delegacia regional de polícia de Bacabal e responsável pelas investigações do misterioso caso de Alex Araújo, que morreu em um alagado nas proximidades de um posto de gasolina onde estava reunido com um grupo que participava de um bolão de vaquejada.

O delegado vinha analisando o resultado da perícia criminal que aponta afogamento, ouvindo várias pessoas que estavam presentes no posto de gasolina, verificando lesões no corpo da vítima, consumo de bebidas alcoólicas, se houve brigas ou desentendimentos e o questionamento mais intrigante: o que levou Alex se deslocar para esse açude.

As investigações que correm em sigilo, devem ser repassadas para outro delegado, dependendo da recuperação do Dr. Carlos Renato.